31°C 18°C

São Paulo, SP

29°C 17°C

Curitiba, PR

31°C 18°C

Belo Horizonte, MG

35°C 20°C

Rio de Janeiro, RJ

35°C 21°C

Porto Alegre, RS

30°C 24°C

Salvador, BA

Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018 - 12h55

Cruzeiro supera Corinthians e é campeão da Copa do Brasil

Melissa Aoki

Foto: Reprodução/Instagram 

 

Em meio a lances polêmicos com o VAR, o Cruzeiro se consagrou na noite dessa quarta-feira (18), como campeão da Copa do Brasil. 

 

O clube mineiro que já havia vencido por 1x0 o jogo de ida contra o Corinthians, fez a estrela azul brilhar no Itaquerão lotado. 

 

O placar de 2x1 para a Raposa foi recheado de lances duvidosos.

 

Robinho foi quem abriu o placar aos 29 minutos. Porém, já no começo do segundo tempo, um pênalti foi marcado na dividida de Thiago Neves com Ralf a favor do alvingero. O lance pra lá de polêmico contou com o auxílio do VAR e foi convertido por Jadson. 

 

A outra jogada, que também dividiu opiniões, aconteceu logo após a entrada do atacante Pedrinho. Com um chute de longe, o jogador acertou uma bola no ângulo e balançou a rede. Entretanto, depois de consultar o VAR, o gol foi anulado devido a uma falta cometida por Jadson em Dedé

 

Já na fase final do tempo, Arrascaeta saiu do banco de reservas para matar o jogo e ampliar ainda mais a vantagem do Cruzeiro, que se tornou hexacampeão da Copa do Brasil. 

 

Após a partida, o técnico Jair Ventura e Andrés Sánchez comentaram sobre a arbitragem. Confira: 

 

 



publicidade:

publicidade:

publicidade: